Raio: Desligado
Raio:
km Set radius for geolocation
Pesquisar

Museus do Rio recebem exposições especiais e inéditas na Olimpíada

Museus do Rio recebem exposições especiais e inéditas na Olimpíada

Selos esportivos, peças arqueológicas e documentários estão no roteiro. Exposição de medalhas também está entre opções culturais durante Jogos..

Diferentes modalidades esportivas e suas histórias estão servindo de tema para exposições e eventos culturais especiais durante a Olimpíada no Rio de Janeiro. Museus, cinemas e galpões investem no tema esportivo para atrair turistas e visitantes em busca de verdadeiras relíquias sobre o assunto. Confira, abaixo algumas das principais mostras:

Abaporu no Rio
Para comemorar os jogos na Cidade, o Museu de Arte do Rio (MAR) reuniu mais de 300 peças vindas da Argentina, do México e de outras instituições do país para contar a história da arte brasileira desde o período colonial até o século XXI. A exposição “A cor do Brasil” abre nesta terça-feira (2) ao público e a grande atração são as pinturas  “Abaporu” (1928) e “Antropofagia” (1929), de Tarsila do Amaral, que retornam à cidade após quase 20 anos.

É que a obra “Abaporu”, do acervo do colecionador milionário argentino Eduardo Costantini desde 1995 e exposta no Museu de Arte Latino-americana de Buenos Aires (Malba), foi emprestada ao museu carioca até o dia 30 deste mês. Para se ter uma ideia da dimensão de sua importância, a tela estará protegida por um vidro à prova de bala. A expectativa é receber dois mil visitantes por dia durante o período dos jogos. O ingresso custa R$10, e o funcionamento do museu é das 10h às 17h. O espaço fica na Praça Mauá, no Centro do Rio.

Selos e postais
Uma coleção de selos datados entre 1896 e 2012 ocupam os salões do Centro Cultural dos Correios, no Centro. Batizada de “Celebrar, Superação e Arte”, a exposição conta a história da Olimpíada ao longo de 31 edições através de 151 selos, que fazem parte da coleção de Roberto Gesta de Melo. Os visitantes também poderão apreciar postais, cartas da época e carimbos comemorativos das competições. A entrada é gratuita.

Arqueologia
O Museu Nacional de Belas Artes, na Cinelândia, conta a história dos jogos com a exposição “Os Jogos da Antiguidade: Grécia e Roma” com mais de 60 peças arqueológicas. Com mais de 2.500 anos de idade, as obras vieram de grandes museus gregos e italianos. Além de esculturas que representam atletas e objetos usados nas competições, mosaicos retratam cenas esportivas da época de forma lúdica. A entrada custa R$ 8.

Ouro, prata e bronze
Em parceira com a Casa da Moeda, uma exposição com réplicas das medalhas Olímpicas e Paralímpicas do Rio 2016 será uma das atrações do Armazém 3, no Porto Maravilha. Com entrada grátis, o visitante poderá ver de perto as peças a partir dia 5.

Fotos
A exposição “Atletas de corpo e alma”, com 60 fotografias de Gustavo Malheiros, mostra  atletas em ação nas suas respectivas modalidades esportivas. No  Centro Cultural da Justiça, a ideia da mostra é retratar os dramas e as vitórias dos jogadores. Vai ficar em cartaz até o dia 28. A entrada é grátis.

foto-atletas

No telão
Do dia 10 ao dia 15 deste mês, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), no Centro do Rio, irá exibir documentários e filmes de diferentes fases do cinema nacional relacionados ao esporte e ao futebol. A mostra CineEsportes retrata o envolvimento de atletas e profissionais com a rotina das competições, a luta pela superação e a glória de ser campeão. A entrada é gratuita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com